quinta-feira, novembro 24, 2005

Pai, secas as minhas lágrimas?

De manhã abro os olhos e vejo o sol. Já é dia e tenho que me preparar para sair.

“Podes secar as minhas lágrimas” – eu pergunto

“Quais lágrimas?” – Alguém responde

“As lágrimas que correm no meu rosto!” – eu respondo

“Não sei do que falas” – alguém responde

Chega o momento de sair e de começar o dia nas diversas tarefas que tenho pela frente. Enquanto decorrem essas tarefas mais uma vez sinto correr as minhas lágrimas pelo rosto abaixo e pergunto:

“Podes secar as minhas lágrimas?”

“Lágrimas?” – alguém responde

“Sim, as lágrimas que estão no meu rosto!”

“Secar, eu?” - alguém volta a responder


Mas porque razão as lágrimas não param? - pergunto-me

O dia passa e quando regresso ao meu lar sinto um aperto no coração e peço novamente:

“Podes secar as minhas lágrimas?

“Como?” – alguém responde

“As lágrimas que tenho no rosto?” – eu respondo

“Ah, já podias ter dito! Toma seca com este lenço!” – alguém me diz.

Chega a hora de dormir, na escuridão da noite as lágrimas caiem silenciosas parecendo gotas de orvalho pela manhã.
Ajoelhada, deixo cair minhas lágrimas diante de alguém que tirou do seu tempo para ouvir-me. Pergunto porque razão ninguém foi capaz de secar as minhas lágrimas.

Minha querida, quando de manhã pediste para alguém te secar as lágrimas, esse alguém estava demasiado ocupado para perceber a tua tristeza. Durante as tuas tarefas, à tarde, quando fizeste o mesmo pedido, outro alguém ficou com medo de não as saber secar e recuou. Quando regressaste ao teu lar, pediste novamente mas esse alguém tinhas outras prioridades e tentou colocar um fim à situação o mais breve possível.” – respondeu-me.
“Pai, podes secar as minhas lágrimas?” – Pergunto eu

“Claro minha querida, terei todo o prazer nisso. Vem cá!” – disse o Pai

O meu pai secou as minhas lágrimas com as suas mãos. Ele olhou nos meus olhos e não precisou dizer nada para mostrar que me ama, pois o seu gesto trouxe ao meu coração a certeza de que o seu amor não se resume somente a palavras, mas é concretizado nos seus actos, com todo o carinho. O meu pai é o meu Deus amado.

Andrea Timor


Quantas lágrimas correm nos rostos de algumas pessoas!
Muitas vezes não vemos lágrimas correrem, mas no fundo há um interior destroçado, desanimado e desesperado. Às vezes essas pessoas estão mesmo ao nosso lado, e nós nem reparamos, estamos tão preocupados com os nossos problemas e com as nossas tarefas que gastar tempo com os outros vai atrapalhar-nos.

O que temos feito nós diante das lágrimas dos outros?

Crianças que choram com fome!
Adolescentes que choram por discriminação racial, financeira e social!
Mulheres que choram vitimas de violência doméstica!
Homens que choram por não conseguirem dar comida aos seus filhos!
Idosos que choram por falta de carinho e atenção!

Onde estão eles? Não viverá ele mesmo ao teu lado?
Se não te dispuseres a ir, nunca saberás!

Temos parado e observado cuidadosamente, temos percebido a tristeza?
Temos tido medo de enfrentar tristezas e problemas alheios e temos fugido?
Temos sido egoístas tentando resolver o problema de uma forma fria e rápida para podermos ter tempo para as nossas prioridades e necessidades?

Se não amamos Deus não poderemos amar o nosso próximo, e se não amamos o nosso próximo não poderemos estar sensíveis ao seu sofrimento!

“Ai Senhor, tem misericórdia do teu povo, há tantos que choram por tantos motivos diferentes, há tantas vidas que já não têm mais razões para existir. Muitas vezes bastava apenas que tivessem alguém que secasse as suas lágrimas.
Pai querido, ajuda-me a libertar-me de tudo o que me impede de estender as minhas mãos para secar as lágrimas dos que choram.”

Que o Senhor nos dê a oportunidade de nós sermos duas mãos que secam as lágrimas de dor, do sofrimento, da amargura, e da tristeza, levando a alegria e a ternura que existem nas mãos de Cristo que foram cravadas numa cruz por amor a todos, e nestes todos estão incluídos os que choram.

terça-feira, novembro 22, 2005

Vida sem valor

"Mas a vida nada me vale se não completar a carreira e cumprir a tarefa que me foi confiada pelo Senhor Jesus, ou seja, anunciar o evangelho da graça de Deus." At 20:24

Cada vez me fazem mais sentido estas palavras.... Já Jesus dizia que quem perdesse a sua vida a acharia.

Quando nos começamos a aproximar da nossa carreira espiritual é quando começamos a sentir que a nossa vida nada vale se não a dedicarmos exclusivamente a isso. Todas as outras coisas começam a perder o sentido, o valor, e Jesus começa a ser a nossa principal razão de viver. O Espírito começa a ser o único que nos pode dar vida interior... A Sua Palavra começa a saber a mel, como dizia Jeremias.... e os momentos menos bons começam a ser verdadeiras pérolas...

Aconselho cada um de vocês a transformar o versículo de Paulo no seguinte:

"Mas a mim, ___________ (nome), a vida nada me vale se não completar a carreira e cumprir a tarefa que me foi confiada pelo Senhor Jesus, ou seja, _________________________________".

Enquanto não te dispuseres a viver a tua carreira, cumprir a tarefa que te foi proposta, com os dons que te foram e serão dados, a tua vida não terá sentido. E sabes........ quem descobre e responde ao seu chamado não tem tempo nem energia para o mundo, para distrações, para tempo investido em coisas que não interessam... Continua a falhar, mas o seu coração começa a estar cada vez mais fora deste mundo.

Será isso que te falta?

quarta-feira, novembro 16, 2005

Consegues ouvir?

Uma voz clama no deserto,
uma voz clama no deserto:

"Preparem, preparem o caminho do Senhor,
No deserto, façam um caminho recto,
para o nosso Deus, um caminho recto no deserto"

Os vales serão levantados e os montes serão aplanados,
Os terrenos acidentados serão nivelados!

E a Glória do Senhor será revelada
E todos a verão pois é o Senhor quem fala!

Nós Te louvamos, nós celebramos,
A chuva sobre a terra seca.
Nós Te louvamos, nós celebramos
Os rios no deserto."


Ana Paula Valadão

A primeira chuva derramada na terra seca que temos de celebrar é na nossa própria vida!

Os primeiros rios a surgir no deserto devem ser na nossa vida!

Estás seco(a)? O teu interior é como um deserto? Anseias por água, nem que seja umas gotinhas, para que sejas renovado(a), mas não consegues, não tens forças?

Sai de casa, abre a porta da rua e limita-te a te colocares sobre a chuva que cai. Não depende do teu esforço... o teu único esforço é o de saires de casa e te colocares debaixo da chuva.

Só aí, só depois disso poderás ouvir a voz que clama no deserto... Caso contrário, ouvirás na mesma uma voz que clama, mas é o clamor da tua alma... o clamor por água...

Deus quer que tu ouças a voz que clama no deserto, porque Ele quer usar-te para que o caminho do Senhor seja preparado. Mas muitas vezes tu estás surdo... até te faz confusão como é que outros conseguem ouvir essa voz... como? COMO?

Sabes como é que conseguem? Conseguem porque primeiro foi derramada água no seu interior seco, degradado, sem vida... porque clamaram, porque o Senhor teve misericórdia deles e derramou água na terra seca. E logo logo começaram a florescer pequenas plantinhas... que vão crescendo, crescendo....

Se não consegues ouvir a voz que clama no deserto é porque precisas que contigo aconteça o mesmo. Sim, porque há esperança para aquele que olha para si, para o seu interior e parece que só vê deserto.... sequidão... e essa água, a água da vida, só Deus a pode dar!

Porque não lhe pedes? Há esperança....

E olha, depois ouvirás a voz tão claramente que o teu coração não será mais insensível. Experimenta e vê!

quinta-feira, novembro 10, 2005

Onde deixaste o coração?



"Porque o nosso Deus é cheio de misericórdia, Ele fará brilhar entre nós uma luz que vem do céu. Essa luz iluminará os que se encontram na escuridão e na sombra da morte e guiará os nossos passos pelo caminho da paz". Lucas 1: 78 - 79

Deus esta luz que Tu enviaste ao mundo e às nossas vidas é Jesus.

Estamos novamente em época de natal, Senhor, e mais uma vez temos tantas coisas que fazer. Há muito para comprar, jantares por organizar, há pessoas para visitar, é um tempo tão bom! Confraternizamos, recebemos e fazemos visitas mais frequentes aos familiares e amigos mais chegados! Brindamos e alegramo-nos!

Senhor dirige o nosso tempo nestas coisas! Esta época é Linda! É linda pelas cores, pela musica nas ruas, pelo entusiasmo das crianças, sente-se um perfume de corações mais sensíveis no ar!
As ruas estão muito iluminadas, é tempo de festa.
Mas festa para quem?

Festa para mim e para outros que podemos trabalhar e comprar presentes para os nossos filhos, festa para mim e para outros que podemos ter uma bela refeição à mesa (na maior parte das vezes, exagerada), festa para mim e para outros que se estivermos doentes podemos consultar rapidamente um medico e ser atendidos, festa para mim e para outros que temos um tecto e uma cama para dormir, festa para mim e para outros que temos roupa para nos agasalharmos, festa para mim e para outros que temos uma familia, festa para mim e para outros que temos alguém que na noite de natal se lembra de nós! A verdade é que a festa não é para todos! Deveria ser mas não é!

Senhor eu sei que o mais importante nesta festa não são as coisas que eu falei. O mais importante é conhecer o verdadeiro significado do natal e vivê-lo cada dia do ano! O mais importante é Tu habitares no meu coração com uma intensidade tal que chega a "doer" de tanta vontade de estar todo o tempo contigo. Sim Senhor, eu sei!

Mas Senhor as ruas escuras do nosso país estão cheias de pessoas sem - abrigo, as casas degradadas e a ruir estão cheias de estrangeiros e de pessoas de diferentes etnias que vivem numa pobreza lastimável, os bairros e becos reunem comunidades que não têm o que comer, existem crianças a morrer porque não têm dinheiro para tratamentos de determinadas doenças e pestes que às vezes são tão simples de tratar para nós, há tantas pessoas sozinhas sem companhia que vivem cheias de tristeza e que não têm ninguém ao seu lado na noite de natal, os hospitais estão cheios de pessoas a morrer e completamente abandonadas, pessoas com depressões profundas, com carências afectivas, pessoas diagnosticadas clinicamente como perturbadas e dignas de internamento porque não aguentam mais as pressões de viver como têm vivido.

Senhor todos nós olhamos para estas pessoas e ficamos sensibilizados, mas quando se trata de estender a mão oferecendo ajuda, recuamos. Temos medo da violência, temos medo das doenças que nos podem chegar, temos medo de ficar sem possibilidades económicas para as nossas coisas, temos medo ficar loucos com tantos problemas ao nosso redor. Pai, o maior problema é que não temos um coração igual ao Teu! Somos Teus filhos mas não vivemos como Pai vive!

Jesus nasceu para iluminar o que estão na escuridão e os que andam na sombra da morte!

Paizinho querido, que cada lágrima vertida por mim, por cada uma destas pessoas possa ser um compromisso meu assumido contigo no sentido de IR e levar Jesus comigo, apresentando-O a estas pessoas que precisam Dele. Que eu possa IR, amar, ajudar a suprir as suas necessidades nas mais variadas áreas, sem ter medos e com a direcção do Teu Espírito.

Pai amado, desperta a Tua igreja, desperta os Teus filhos!

Afinal a festa é para os pobres, os humildes, os simples, os menos cultos, os orfãos, as viúvas.

A festa é para todos os que se chegam aos pés do Salvador e Senhor - Jesus

segunda-feira, novembro 07, 2005

Sacerdote de Cristo, ilumina a Tua Nação!

"O Espírito de Deus tomou posse de mim e consagrou-me para levar a boa nova aos pobres, para curar os desesperados, para proclamar a libertação aos exilados e aos prisioneiros a liberdade, para anunciar o ano em que o Senhor mostrará a sua bondade. O dia em que o nosso Deus se vai vingar dos inimigos, para consolar os que estão de luto, para colocar na cabeça dos enlutados de Sião uma coroa em vez de cinza, um perfume de felicidade em vez de cara triste, um vestido de festa em vez do rosto abatido. Então serão Chamados : "Terebintos do Deus Justo, jardim plantado para a glória do Senhor". Reconstruirão o que há muito estava em ruínas, levantarão as casas em escombros, restaurarão as cidades arrasadas por muitas gerações." Isaías 61: 1 - 4



Alguém muito especial falou-me ontem de Isaias 61 (beijinho doce para ti), e quando o fui ler com atenção no meu cantinho com Deus, pensei: Esta é a nossa missão!
Temos esta missão que parece ser de muita responsabilidade e bem pesada, que nos leva tempo e nos tira do nosso conforto, que nos faz abdicar dos nossos pequenos caprichos e mimos, que nos faz sair do nosso egoismo e olhar à nossa volta para os necessitados.
É verdade esta missão é pesada, mas observa só como começa o texto: "o Espírito de Deus tomou posse de mim e consagrou-me para...". Isso quer dizer que, e reforçando o que a Paulinha escreveu antes, todos os que têm o Espiríto a viver dentro de si estão capacitados para fazer este trabalho.

Só quero deixar algo para que possas reflectir contigo próprio e com Deus:

Se a palavra de Deus diz que estás capacitado, porque não obedeces ao Ide?

Será que levas a sério a Palavra de Deus?

Quando lês na Bíblia que a Palavra de Deus é Viva e Eficaz, que diferença é que isso faz em ti?

Sabes qual é a tua missão e responsabilidade dada por Deus nos anos de vida que te foram concedidos aqui na Terra?


Vamos Obedecer ao IDE e Iluminar a nossa nação com a Luz de Jesus!



Somos Sacerdotes do Senhor

quarta-feira, novembro 02, 2005

Os escolhidos estão capacitados!

Meus amados GV:

Quero lembrar a cada um individualmente e sem excepção de que deves "... transformar em zelo a força e a ousadia que estão no teu íntimo, e que se apoderaram de ti quando coloquei as minhas mãos sobre a tua cabeça e te abençoei." II Tm 1:6

Porque...

"Foi Ele quem nos salvou e nos escolheu para o seu santo trabalho, não porque merecêssemos, mas porque esse era o Seu plano muito antes do princípio do mundo..." II Tm 1:9

Sabem, muitas coisas eu tenho vivido e o Senhor me tem falado relativamente a este trabalho e uma delas é:

A capacitação do Senhor está sobre nós para este trabalho. Por mais que eu e tu nos sintamos incapazes, seremos mais do que capazes, mais do que vencedores, mais do que alegres, mais do que reluzentes da Sua luz, mais do que tudo!

Sentes-te fraco? Os fracos são o melhor instrumento nas mãos de Deus.

Sentes-te incapaz, abatido? O Senhor está bem perto de ti!

Olha, tu foste escolhido e Deus deu-te uma ousadia tremenda. Se calhar estás a pensar: "Mas qual ousadia? Eu não me sinto ousado, pelo contrário."

Sim, tu tens o Espírito no teu interior e esse Espírito é um Espírito de ousadia. Ousadia para ir além das tuas limitações, dos teus medos, das tuas indecisões... Se te deixares apoderar pelo Espírito que em ti habita, tu verás. Isso mesmo que tens na tua mente, essas dúvidas, essas coisas que sentes e pensas não serem possíveis, nada são perante o poder de Deus. É como se tivesses, a cada momento, o próprio Jesus Cristo dentro de ti, ao teu lado, em ti.

Deus vivendo em ti quer ocupar cada lugarzinho do teu interior. É a imagem que tenho tido. Imagina o teu interior como uma daquelas rochas que estão bem junto do mar. Elas têm inúmeros buraquinhos formados pela água. São muito bonitas, eu gosto. Imagina que o teu ser, o teu interior é assim e em cada buraquinho, em cada túnel estão coisas tuas. Podem ser coisas boas, mas também podem ser medos, incapacidades, o que fôr.

Sabes o que é que Deus quer fazer em ti, através do Seu Espírito? Inundar a rocha de uma tal maneira que cada um desses lugarzinhos, mesmo os mais escondidos, seja cheio da Sua água viva! O Espírito quer inundar-te, encher-te! Engraçado como esta imagem não me sai da cabeça.

Dobra os teus joelhos, fala com Ele. Diz-lhe o que sentes, o que pensas, o que desejas e pede-lhe que te inunde! Estarás cada vez mais capacitado!